Perder alguém que você ama

23 novembro, 2014

Não sabia o que era perder alguém até sexta-feira(21). Recebi a triste notícia de que meu querido avô veio a falecer. Achei que me sentiria bem pior, mas como já esperava, pela idade avançada e seu estado de saúde, a gente acaba preparando o coração para o que está por vir. Vocês lembram que já falei sobre isso aqui no blog? Olha só: www. E então, o que temia, aconteceu.

João Roque de Meira. Esse era o nome do meu vovô. Ele sempre foi muito legal, honesto, bacana, gente boa mesmo! Brincalhão, emotivo, era portador de muita sabedoria, ele foi um ótimo avô. Eu o visitava aos domingos, não todos, mas sempre que podia, estava lá. A última vez que o vi, foi quando fui para Presidente Prudente, eu disse que o amava e dei um beijinho em sua testa.♥

Na segunda-feira(17), ele foi encaminhado para a Santa Casa. Estava muito fraco, se recusava a comer e estava tendo alucinações. Falava que via gatos, porcos, galinhas, passeando pela casa, e também via minha tia(que mora em São Paulo) em cima da árvore. Comecei a desconfiar de que meu avô estava com os sintomas de Alzheimer. Já comecei a fica preocupada, não gostaria de que meu avô se esquecesse de mim.

Permaneceu internado, e voltou para sua casa na quinta-feira(20). Já fiquei bastante aliviada, porque se deram alta, significava que estava bem. Mas NÃO. No dia seguinte, ele passou mal e internou de novo. Foi aí que ele faleceu.

Minha mãe chorou bastante, principalmente quando soube da notícia e na hora da despedida. Permaneci forte e ainda estou sendo. Sei que não será fácil se acostumar com isso, mas Jesus está reconfortando nossos corações. Vai dar tudo certo! Tenho a esperança de que algum dia vou revê-lo novamente.

Só sei que as lembranças e as longas conversas que tive com ele, sempre estarão em meu coração. Meu avô está num lugar bem melhor, ele descansou. Não encaro isso como uma perda, mas sim, como uma missão cumprida. Tenho certeza de que meu Papai(Deus) está cuidando muito bem dele, assim espero. 

Obrigada Senhor, por tirar meu avô desse sofrimento. 

Beijos, Sua Vick.

0 comentários:

Postar um comentário