Tenho medo de ser eu mesma!

21 junho, 2014
Young and wild and free:)
Essa imagem me tocou, slá.

Imagino que vocês sabem que eu moro no interior. E como é difícil você expressar sua personalidade no meio de tanta gente fofoqueira e curiosa. Todos-incluindo eu- estamos acostumados com pessoas "normais" vestindo roupas não muito chamativas e sendo simples do jeito que é. Eu me encaixo nesse tipo de pessoa{!}. Odeio rótulo, odeio "pertencer" a algum local ou alguma coisa. Acredito na liberdade de expressão e que todos nós podemos sair livres por aí sem que nos julguem.

Sabe, eu sou uma garota "diferente" das outras em minha sala. É claro que todos somos iguais e blá, blá, blá, mas não me acho melhor do que ninguém. De forma alguma. Sou "diferente" porque não penso como elas. A maioria{mentira, todas} só pensam em: garotos, curtidas no facebook, ter roupas de marca e ficar na moda. Ser a mais 'famosinha" possível. Não me preocupo com isso e várias vezes me desentendi com algumas colegas.

Procuro sempre saber das coisas, de moda, de make, de nail-arts, de famosos, artes, músicas e muito mais. Minha cultura está recheada de coisas, mas me sinto limitada pela sociedade daqui. Tenho vontade de sair por aí com uma coroa de flores na cabeça, usar óculos em formato de coração e até um redondo fashion, com um coturno incrível, acessórios estilosos e diferentes. Mas o medo do que as pessoas vão pensar, é o que me atrapalha. Eu tenho tantas idéias, tantos looks na minha mente que fica difícil não os expor.

E foi aí que percebi: Tenho medo de ser eu mesma. De demonstrar meu estilo e minha personalidade. Quem mora em cidade grande tem praticamente a liberdade que quiser! Por exemplo, em São Paulo, cada lugar que você passa vê um ser diferente. Um estilo diferente, pessoas interessantes. Gente misteriosa que você tem vontade de saber tudo, mas não descobre nada. Ou até descobre, vai saber... Queria poder mostrar minha identidade a todos, mas essa insegurança atrapalha muito. 

Uma garota no mínimo estilosa por aqui, normalmente recebe apelidos não muito carinhosos: Patricinha{isso nem é ruim, mas o povo tem mania de odiar elas}, exibida{que se acha demais, sabe?}, Metida, e por aí vai... Se por acaso, você passa por uma situação parecida ou já enfrentou, não deixe de comentar!

Sou apenas uma garota implorando a si mesma que liberte o que tem dentro de mim.

Obs: Esse {Chave} que estou usando é em homenagem a minha amiga Laila Lizzy, por ela ser tão fofa e dedicada :)

4 comentários:

  1. AI MEU DEUS.
    me abrace.
    Sério, parece que você tava falando de mim nesse texto.
    Eu me identifico muito com você, e aqui na minha cidade, mesmo não sendo interior, sinto que as pessoas olham torto quando uso uma roupa diferente, um acessório ou batom mais forte.
    As meninas não são como eu, e eu me sinto deslocada por isso. Sozinha, até.
    É difícil sim, mas eu tento não me importar com isso.
    Eu ainda tenho vergonha de ser como eu sou, ainda mais por ser tímida, mas eu acho (e espero) que com o tempo a gente esquece isso e deixa de se importar mais com que os outros pensam.

    Amei o texto, e obrigada por me citar ali no finalzinho <3

    Bjs!

    escritoriando.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada, linda! Temos que encontrar a felicidade dentro de nós mesmas. ;) ♥
      Bjs!

      Excluir
  2. Li uma vez que a felicidade se encontra mais no que você faz de si mesma. Eu continuo tímida, mas não fechada depois de ler sobre isso. Sabe, eu faço coisas diferentes de todas as meninas que estudam comigo, no meu caso são elas que querem ousar hehehe usam batom rosa choque às 7h da matina no colégio enquanto eu só tento aproveitar o intervalo desenhando e antes eu tinha vergonha de ser uma adolescente de 16 que ainda ama desenhar. Criei, recentemente, coragem e comecei a postar fotos dos meus desenhos no blog e no instagram e fiquer surpresa pq inclusive a Bruna Vieira e tantos fã clubs vieram curtir e elogiar meus desenhos e hoje eles são meu orgulho haushashaus e até quem implicava com elés no início, me pede pra fazer algum de presente. Bom, esse foi um pequeno exemplo e espero ter te ajudado! ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode acreditar, você ajudou demais! ♥ Vou ver os seus desenhos, com certeza devem ser incríveis! ^^
      Bjs

      Excluir